Gekijyouban Mushi Sentai Slyranger - Parte 1

Aqui você pode falar sobre as séries nacionais como: Insector Sun, Mega Powers, Metal Blue, Blast Rangers, Defender e também postar as suas criações, os fan fics para que todos leiam e dêem suas opiniões, e suas Artes dos nossos heróis.

Moderador: Kuwagata

Avatar do usuário
FanficMaster
Membro
Membro
Mensagens: 95
Registrado em: 10 Set 2016, 18:32
Localização: Brasília - DF
Contato:

Gekijyouban Mushi Sentai Slyranger - Parte 1

Mensagempor FanficMaster » 23 Abr 2018, 10:19

O Egito e suas areias escaldantes. Lar de muitas histórias e misticismo. Lar de muitos deuses. Deuses esses que possuem muito em comum com os homens – podem nascer, envelhecer... morrer. No Egito antigo, guerras eram travadas por cidades egípcias as quais possuíam deuses rivais. Uma delas cultuava Serket, a deusa escorpião, uma deusa tirana que outrora fora lacrada pelo faraó de uma cidade vizinha em uma tumba, tumba esta que está prestes a ser invadida...
[Templo da Deusa Serket, Egito atual]
Um homem que parecia ser um arqueólogo parecia maravilhado e empolgado por estar ali. Ao seu lado, uma garota portando uma espécie de quimono e uma máscara de pano lhe cobrindo a cabeça e um outro solto escondendo a boca. O símbolo de um escorpião nele.
ImagemImagem
- Finalmente encontramos. – Dizia o arqueólogo. – O templo de nossa tão adorada deusa Serket.
A ninja não dizia nada, apenas olhava em volta, atenta a qualquer movimento.
- Você tem noção do que isso significa, Mahina? – O arqueólogo perguntava. A ninja não dizia nada. – Significa que os anos de humilhação que nosso clã passou chegaram a um fim. – Continuava. – Nossa deusa e verdadeira líder foi trancafiada pelo faraó Scarab. Desde então estamos sofrendo a humilhação pelo nosso clã rival. Mas agora finalmente chegou nossa vez de brilhar, de dizimar o clã Mushi!
- Sim, Sasori-sensei. – Dizia Mahina finalmente.
Eles finalmente se aproximam das tumbas no templo e Sasori pega um ferrão de escorpião feito de ouro e o encaixa numa das tumbas que possuía um desenho em relevo similar. Ao encaixar o ferrão, a tumba brilha ofuscando um pouco da visão dos dois.
- Quem és? – Uma voz ecoava por toda a sala. – Quem és tu que ousas me perturbar? Viestes tripudiar de meu espírito em dor? Diga-me de uma vez, mortal! Ou lhe farei sofrer mais que minha própria dor!
- Não vim lhe tripudiar, minha deusa. – Respondia Sasori fazendo reverencia. – Sou seu servo fiel. Vim lhe libertar depois de séculos trancafiada nesse lugar tenebroso.
- Tenebroso, de fato. – A voz respondia Sasori. – Todavia és um tolo se achas que podes me libertar apenas com este Ferrão Sagrado. Meu espírito está livre, no entanto, já não possuo mais um corpo. Sem um corpo para ser alimentado, nada mais sou.
- Não tema, minha deusa. – Dizia o arqueólogo ninja. – Lhe trouxe o corpo de uma de minhas guerreiras mais fortes.
- O-O quê?! – Diz a ninja pêga de surpresa.
- Sendo assim, aceito de bom grado, meu servo!
- S-Sasori-sensei! – Dizia a ninja no que uma forte névoa iluminada surgia e penetrava seu corpo.
O corpo de Mahina se tornava luz pura. Ele se eleva no que a ninja perdia a máscara e uma luz saía de sua boca e olhos. Sasori olhava para aquilo com um sorriso de orelha a orelha. Seus olhos não tiravam o foco daquela luz que lhe aquecia e mais parecia algo vindo dos céus de fato. De repente a luz se apaga, o corpo de Mahina cai em pé, mas os olhos da garota agora possuíam um tom avermelhado. Ela olhava para aqueles trajes com uma certa expressão de nojo e impressionada ao mesmo tempo. Ela sorria enquanto olhava para as mãos.
Imagem
- Estou viva novamente! – Dizia sem poder acreditar enquanto seu rosto sorria involuntariamente. – HAHAHAHAHAHA! Após milênios eu finalmente estou viva!!!!!
Naquele instante, uma shuriken passa rasgando um pouco da manga do traje ninja de Mahina e ela era segurada por Sasori que repara no desenho de um besouro bem no centro da estrela ninja.
- Esse símbolo... – Sasori olhava. - ... é do clã Mushi!!!
Imagem
- Sou o ninja de missões especiais, Miyako! – dizia um ninja aparecendo em meio as sombras. Ele usava um traje parecido com o traje ninja dos Slyranger, porém, esse era em um tom violeta e ele usava um cachecol vermelho no pescoço que cobria sua boca. Sua cabeça era coberta com um Hachi gane com o símbolo do clã Mushi – E guardar este templo é a minha missão! Sasori, não sei como descobriu a localização do templo de Serket, mas não permitirei que faça como bem quiser, está ouvindo?!
- Você já chegou tarde, idiota! – Dizia Sasori. – Contemple a magnitude da nossa deusa, Serket!
Sasori direcionava suas mãos abertas para a garota em trajes ninja ao seu lado. Ela olhava para Miyako com um ar de superioridade e então olhava para Sasori.
- Não tenho tempo para perder com isso... – a deusa cria a projeção de um ferrão e fincar na barriga de Sasori que arregalava os olhos no mesmo instante. – Cuides tu mesmo deste ser.
Sasori chegava para trás agonizante por alguns instantes até notar que não sentia dor alguma. Na verdade, sentia um grande poder se espalhar pelo seu corpo. Ele começa a rir enlouquecidamente emanando uma forte aura de energia que atacava Miyako agressivamente.
- Mas o que é isso? – Miyako surpreso. – Que energia é essa?!
- Minha deusa... – Sasori olhava espantado com tamanho poder. – Obrigado por essa honra!
Sasori salta na direção de Miyako que desvia por muito pouco. A pilastra ao lado do ninja violeta é destruída. Em seguida, Sasori parte para cima do ninja que se defende usando duas kunais.
- É um desperdício gastar esse poder com um reles garoto como você. – Sasori dizia completamente possesso com aquela energia envolvendo seu corpo. – Morra de uma vez, Miyako!!!
Sasori desfere um poderoso ataque que toma a forma de um ferrão e atinge Miyako o jogando contra a parede do templo. O ninja sente uma dor tão grande que não conseguia se mover ou respirar. Quando recupera o fôlego do impacto, Miyako se levanta, mas o vilão já não estava mais lá.
- Isso não é bom. – Miyako dizia em voz alta, ainda puxando ar. – Não é nada bom. Preciso avisar o sensei.
Imagem
Imagem
- Mushi Ninpou: Chuva de Folhas! – Dizia GreenMantis que saltava no ar fazendo com que várias folhas fossem lançadas como se fossem navalhas afiadas.
O golpe atinge um Vectoid em forma de centopeia. O monstro chega para trás enquanto que os soldados Kallar se colocavam na frente dele.
ImagemImagemImagemImagemImagem
- Malditos, vocês já estão me enchendo a paciência!!! – Dizia o Vectoid irritado com aquele ataque. – Soldados Kallar, acabem com eles de uma vez!!!
Os soldados partem para cima dos Slyranger que começam a trocar socos e chutes. Um pouco mais afastado, alguém em um capuz observava a luta atentamente enquanto ria. Pelo movimento impaciente do corpo, notava-se que a pessoa parecia ansiosa.
Imagem
- Mushi Ninpou: - Black Kuwagatta se posicionava com as mãos juntas enquanto os indicadores ficavam levantados e juntos de frente um para o outro. Ele concentrava sua energia interior. – Ataque nas Sombras!
O herói desaparece diante dos soldados Kallar entrando em sua própria sombra. Os soldados olham confusos e perdidos, de repente, o ninja preto salta das sombras dos próprios soldados e os atacam rapidamente os pegando de surpresa.
- Mushi Ninpou: Papilon Hurricane! – Dizia a Slyranger azul concentrando o ataque.
Imagem
Usando as Choo Fan, Blue Choo começa a girar seu corpo em 360º criando um poderoso tornado. O tornado começa a puxar todos os soldados para dentro dele. A heroína então ataca todos de diversos pontos do tornado com as duas armas de forma apenas a se ver um feixe de luz provocado pelo brilho da arma. Os soldados caem no chão e várias pequenas explosões se juntam criando apenas uma. Os Slyranger saem de dentro da fumaça causada já com suas armas unidas.
- SlyCannon! - Dizem todos em uníssono. - Mushi Hissatsu Waza!
Os cinco concentram suas energias e por fim disparam uma poderosa rajada enquanto o Vectoid corria na direção deles. O monstro é atingido em cheio, caindo no chão e causando uma forte explosão enquanto os heróis desmontavam a arma e paravam em pose de vitória.
- Hehehehehe, é agora! – Dizia a pessoa de capuz.
Ele estica o braço direito e dispara um dardo na direção de Green Mantis, porém, um vulto aparece correndo e dá um salto no ar.
- Mushi Ninpou: Explosão Aracnídea! – Dizia o vulto no que saltava.
Duas pequenas aranhas feitas de origami são lançadas e se prendem no dardo e explodem com o contato. Os nossos heróis se assustam com o ataque surpresa e com a identidade do vulto – Takeru. O ninja branco pega então sua kunai e a lança na direção do ataque inimigo, fazendo com que o ser encapuzado fugisse de repente.
Imagem
- Fugiu... – Takeru com uma expressão de descontentamento. – Covarde!
Os Slyranger desfazem a transformação e se aproximam do ex-vilão.
ImagemImagem
- Obrigado. – Akira dava o primeiro passo. – Você nos salvou.
- Não é que eu esteja sendo ingrato nem nada, mas... – Yuu com um tom claramente apagado. Era claro que ele não queria dizer o que estava dizendo. – Porque está aqui?
- Também não me agrada nem um pouco estar aqui, mas precisamos conversar.
- Ah, é mesmo? – Yuu em tom de sarcasmo. – Que lindo, ele quer conversar agora.... Muito bem então, comece dizendo porque diabos se aliou a Vector, sendo que foi um membro do clã Mushi...
- Isso não vem ao caso agora. – respondia Takeru.
Hironobu se aproxima e toca o ombro de Yuu que estava prestes a falar poucas e boas para Takeru.
Imagem
- Sobre o que precisa conversar, então? – O ninja verde ajeitando os óculos em seu rosto.
Assim que o herói terminava de perguntar, Miyako aparece atrás do ninja branco surpreendendo Yuu e Naru e deixando os outros confusos.
[Fim da parte 1]

Voltar para “Tokusatsu NACIONAL, FANARTS e FANFICS”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitante